segunda-feira, março 30, 2015

Better call Saul, né?

Pra começar, vou explicar a piada (e mostrar o porque titulos de filmes traduzidos nao tem graça)
Saul Goodman, o advogado pilantra do Breaking bad, usa esse apelido nao so porque é nome de judeu. Mas porque "it is all good, man!" (fale pra voce mesmo e veja que tem o som de "it is saul goodman" :D )

Hoje assisti todos os 8 episodios (!!!) de "Better Call Saul", o spinoff de "Breaking Bad". Vou tentar nao contar spoilers, mas fazer uma analise rapida.
  • A serie é construtivista, ao contrario do BBad. Ela narra o crescimento de um Saul Goodman (que na realidade se chama Jimmy MgGill ou algo assim) de um moleque arruaceiro sem futuro, a um advogado que cresce a cada dia
  • Nao tem a violencia, mortes e drogas (ate agora) do BBad. E eu achei isso otimo.
  • É captivista e interessante como BBad
  • Os personagens mais interessantes de BBad sao expostos mais a fundo. Por exemplo o Mike Ehmentraut no episodio 6. E é muito legal porque os personagens expostos sao muito carismaticos, e é muito interessante saber mais da vida deles
  • Obviamente, os acontecimentos sao PRÉ BBad.
  • O Saul nao merecia virar bandido no BBad. Podia ate ser necessario, mas nao era merecido
Pra nao entrar em spoilers, paro por aqui. Mas recomendo cada segundo da serie. Comparado com BBad, ta 1000 km a frente.

terça-feira, março 24, 2015

Uma forma MUITO mais facil de recuperar disquetes de 5 1/4 (e voce leu primeiro aqui :D )

E cá estou eu, torto de dengue, trancado em casa.


Como não é conveniente sair (a dengue se transmite de uma pessoa pra outra se voce - contaminado - é picado por um mosquito, e ele sai por ai picando outras pessoas), eu estou dividindo minha atividade entre ficar dormindo e no parco tempo acordado, arrumando o que fazer no meu quarto. Muito divertido. So que nao.

Hoje eu tirei a tarde pra scanear umas fitas da Ciberne. Alias, se voce tem fitas para computador, e quiser doar pra "causa" (scanear, digitalizar e documentar), entre em contato comigo :)


Em breve no http://www.tabalabs.com.br :)

Mas aproveitei tambem pra pegar 20 discos de um grande amigo meu, o Marcelo Sia, e transferir do Apple II para o PC. Coisa de 25 anos atras.


Sim, este é o micro que o Woz autografou :) Só ta sem a tampa porque ele esquenta MUITO e eu fiquei com ele ligado por horas.

Entao...Quando eu tinha la pelos meus 14 anos, e o Marcelo me deu uma força, me "introduzindo" a manutencao de computadores, tudo era muito dificil. Principalmente copias de ROM de equipamentos e cartuchos de MSX.

Como era dificil, e o Marcelo tinha gravador de EPROM, tinhamos o costume de, toda EPROM que passava no Lab, ser devidamente lida (dumpada) e gravada. Obviamente, na epoca nem sonhavamos com PC XT, muito menos gravador de eprom pra ele. Entao a gente usava o Apple II mesmo :o)


Pois bem, passados alguns anos (eh...2 decadas?!) eu fui a casa do Marcelo e perguntei se por acaso esses discos nao estariam guardados em algum canto. Pra minha surpresa, estavam la, do jeitinho que eu lembrava deles :)


Pela cara das crianças (e pela cor da capa) voces ja sabem o resultado, né? Isso mesmo. Os Verbatin Datalife de 30 anos atras, leram perfeitamente, como se tivessem sido gravados hoje. Ja os Nashua...
 :(

Entao, parti para a recuperação dos discos, via ADTPRO. Obviamente, com um disco de limpeza de cabeças ao lado dos drives. A recuperacao foi muito demorada, porque os discos (nashua) estavam muito mofados. Só que no meio da bagunça, eu fiz uma experiencia meio bizarra...

"se alcool destroi mofo, e se eu jogar o alcool dentro do disquete?"

Essa foi a ideia do ano :)

Apos 2 ou 3 ciclos de leitura, os disquetes leram PERFEITAMENTE como se fossem NOVOS.

Como o mofo nao afeta a camada magnetica (nem o alcool) e muito menos a jaqueta do disco, foi uma solucao obvia. Dei uns jatos de alcool isopropilico (e nao faria a menor diferença se fose alcool comum) pra dentro da capa do disquete, de forma que cobrisse toda a extensao da janelinha do disco. rodou, rodou, rodou...e salvou. TODOS.

Nao me interessa se os discos ficaram bons ou ruins (ficaram bons e limpos!). O objetivo era copiar os dados dos discos, e o objetivo foi alcançado. TECNICAMENTE, o que eu fiz nao danifica o drive, e mesmo que danificasse o disco, nao me interessaria - o objetivo é salvar os dados e pronto.

Entao fica a dica pra voces. Uma forma facil, rapida e pratica de salvar dados de disquetes antigos!

sexta-feira, março 13, 2015

Amiga GOTEK Floppy Emulator - « unrecognized device – please reset your device then try again »

This is a billingual post. First portuguese, after english. If you don't speak portuguese, jump to the english part :)

Olha, esse deu trabalho, viu...
Peguei um emulador de drive GOTEK la nos USA, e deixei guardado. Como ia mexer no meu amiga 1200 essa madrugada, aproveitei pra tira-lo do saquinho e aplicar o excelente codigo do emulador de drive pra amiga, que voce encontra aqui: http://cortexamigafloppydrive.wordpress.com

O procedimento é bastante simples: Fecha dois pinos (que ativa o bootloader), liga a saida de um conversor USB-serial TTL no emulador, roda um programinha e pimba, funcionou.

Nao, nao funcionou.

Fiquei duas horas pastando pra fazer o troço funcionar, e parece que é um problema bem comum pela internet. Como trabalho nessa area, resolvi baixar os manuais do processador da ST (é um ARM!) que roda nessa bagaça e tentar entender o que NAO estava funcionando. Foi relativamente facil.


Tao vendo aqueles dois resistores ali na vertical? Sao os resistores de pull up que sao NECESSARIOS, mas o meu drive nao tem, e nem todo conversor serial - TTL (ou no nosso caso USB-TTL) tem.

A solucao? Ligue dois resistores de 10K nos pinos de TX e RX. Um do TX pra VCC e outro do RX pra VCC (sendo VCC o pino de 3.3 volts que tem ao lado dos pinos de TX e RX).

Pronto, com isso o flashing do seu dispositivo funciona. Isso serve pra outras placas que usam os processadores STM32F10x.

E tem gente pra caramba se ferrando com isso por ai :(

English session:
Instead of telling a funny history, I'll go directly to the point.
Trying to flash a GOTEK drive and gets the "Unrecognized device" error?
Put a pair of 10K resistors from TX to VCC and RX to VCC. These lines are open collector and needs a pull-up resistor to work. Use the 3,3V pin you have besides the TX/RX pins on the GOTEK as VCC.

Hope that helps!