segunda-feira, setembro 30, 2013

Era uma vez uma bomba de combustivel...

Mórréu.

quarta-feira, setembro 11, 2013

A fina linha que separa o celular do desktop

iPhone 5S, processador de 64 bits, OpenGL, tela quase-full-HD
Galaxy S4, processador quad core, tela full-hd

O que separa esses telefones de um computador de mesa, ou um notebook?

Ta chegando uma epoca onde o telefone será "o cerebro" ou entao "o navegador do conhecimento". Voce chegará em casa, encaixará o telefone em uma docking station e ele será seu computador, media player e interface com todo o resto do mundo.

Pra mim esse dia ja chegou tecnicamente :)

domingo, setembro 08, 2013

Ces acham que meus "tektronix" é frescura, é? ( reparo do monitor do Apple IIgs )

Hoje aconteceu uma coisa curiosa, que ilustra bem o porque de eu ter tantos equipamentos HP, Tektronix, Fluke, Agilent, hitachi e outros carissimos.

Meu monitor do Apple IIgs nao funcionava. Eu diagnostiquei o defeito (divisor de foco) e deixei pra la, desmontado, num cantinho da bagunça. Hoje o Dr. Everton me aparece aqui em casa por um motivo de saude (to bem, foi só uma intoxicação alimentar mais pesada que o comum) e me traz a tiracolo o monitor do IIgs dele, tambem com problema.

Liguei o monitor, "senti" que tinha alta tensao, mas nada de imagem. Pra testar o bichinho, usei o Tic-Tac (gerador de sinal RGB de 15 e 31KHz) que o Victor Trucco e o Luciano Sturaro publicaram na web ha algum tempo. E nada de imagem. Nem o led de power acendia, apesar da alta tensao.

Ato continuo, abri o monitor e achei aquela peeeencaaaa de soldas quebradas, caracteristicas em monitores de tubo. Um pouco de tempo, solda e o bom e ferro Weller, e o monitor parecia novo. Ja acendia o led de power e a alta tensao parecia normal...

...E nada de imagem. Tinha trama, mas sem imagem.

Pra encurtar uma longa historia que envolveu tirar a placa do tubo do meu monitor, testar no dele, tirar o integrado driver dos transistores do meu monitor, testar no dele, e nao chegar a nenhuma conclusao, o problema era...

Falta de sinal :oP


Quando NADA MAIS TAVA ERRADO, eu falei "po, só pode ser a fonte de sinal". Vim cá em cima, busquei o IIgs (odeio por o GS na roda...ODEIO!) e liguei no monitor. Ta-daaaa! Imagem perfeita.

O problema do Tic-Tac vai ser facilmente resolvido. Ele funcionou em tudo ate agora, menos nesse monitor do IIgs. Mas olha o tempao que eu perdi (umas 3 horas, por baixo!) porque eu tinha uma ferramenta que eu ACHAVA que funcionava, mas nao funcionava?!

Por isso que eu so tenho ferramenta cara. Elas nao falham na hora do aperto.

Wapuro!

Presentao que ganhei hoje...A utilidade é um numero complexo que tende a zero, mas é uma maquina TAO BONITA, que merece ficar fora do armario

E tem muita gente no ocidente precisando aprender a fazer computadores realmente bonitos e cativantes...




A maçã do amor


Anos se passaram...Uns 20 anos, por baixo.
Me lembro das InCider...A+...As revistas importadas de Apple II que mostravam "O AppleII de 16 bits"..."O mini-macintosh" e coisas do genero. Me lembro da beleza do gabinete branco, do monitor colorido...dos drives de 3 1/2 que eram novidade no BR, e de todo o desejo que eu tinha por um Apple IIgs.

Eu consegui.

Muitas vezes comentei que tudo que eu queria eram 3 computadores. O Sinclair Spectrum +2, um outro que nao deve ser citado aqui (senao o preço dispara) e o IIgs. O +2 eu ja tenho. Agora...o IIgs.

Alegria! :o) Eu tenho um Apple IIgs, do jeitinho que eu queria :oD

quarta-feira, setembro 04, 2013

Serviço de desserviço publico: Reparo da fonte do Spectrum +3

Quando alguem compra um Sinclair +2 ou +3 na inglaterra, ninguem gosta de importar essa fonte. Ela pesa HORRORES. E normalmente chega com defeito. Fora que é 220 volts e com um pino de tomada alienigena :oD


Como eu ganhei essa daqui, tinha que aproveitar a oportunidade para conserta-la, né? :)

Primeiro, as tensoes que ela fornece:


Note que a fonte fornece 3 tensoes:
  • +5VDC - 2 Amperes
  • +12VDC - 700mA
  • -12VDC - 50mA
Essas tensoes sao facilmente conseguiveis com uma fonte chaveada bem miudinha. Certamente há uma fonte que caiba na caixa do Spectrum, mas porque nao usar a original? Ate porque vai ter que conseguir uma fonte ESTABILIZADA, ou seja, nao estamos falando de trafinho + diodos + capacitor. É uma fonte realmente estabilizada. E isso nao é "tao simples".

Primeiro, vamos tentar entender a fonte original


A fonte do Speccy é uma fonte bem "basica" usando o integrado regulador LM723 + transistor de potencia para os 5 volts, e os bons e velhos amigos 7812 e 7912 para regular +12 e -12 volts.

Como nao tem esquema disponivel (TEM!!! O Ricardo Suzuki achou!!!) eu fui na raça. Primeiro eu troquei o LM723 (na foto CA723, é a mesma coisa) e nada. Depois troquei o transistor T2, e tambem nada. Ai eu fui fazer umas medicoes no conector do trafo e...


...Xiii :oD

O ponto de uniao da ilha onde o pino do transformador está soldado, com o resto da trilha na placa, simplesmente PARTIU. TODOS ELES. O trafo é tao pesado que, no transporte, deu aquela balançada e quebrou tudo na placa. A melhor solucao foi fazer essas pontes de fio, pra nunca mais dar problema. É gambiarra sim, mas é uma gambiarra que nunca vai dar defeito, por um erro de projeto da sinclair. Deveria haver alguma fixacao entre o transformador e a placa de retificacao/estabilizacao para impedir a flexao entre os dois e a posterior quebra das ilhas.

Alias, falando em transformador...



O Stefano Spalding Baron comentou comigo acerca da possibilidade desse transformador ser bivolt, uma vez que ele tem o classico arranjo de 3 pinos atras (que seria 220V - 110 V - 0V). Porem o mesmo logo chegou a conclusao que a diferença entre os dois terminais proximos é de apenas algumas voltas de fio. Possivelmente para o uso de 220 volts e 240 volts. Ou seja, nada de trafo bivolt, a nao ser que voce mande reenrolar (e vai ficar caro). Melhor usar em 220 volts mesmo.

E com isso, mais uma fonte de +3 volta a vida. Fica a dica pra voces corajosos que importam o +2 e o +3 com a fonte! :o)

Serviço de desserviço publico! Reparo do M1921A da LG :)

Esses dias eu comprei um monitor M1921A no mercado livre, e tinha um defeito bastante caracteristico...Liga, a tela pisca, as vezes funciona, as vezes da um FZZZZZZZZZZZZ e a tela apaga. O led continua aceso, verde.

Por sorte consegui o manual de serviço com o esquema da fonte...Depois que consertei o defeito. Agora que o bicho ta morto, ta facil bater nele :)

Mas como eu cheguei lá? Vamos fazer um passeio pela fonte do M1921A (e por consequencia, do M1721A. Nao sei se o M1521A é a mesma coisa porque nunca sequer vi um de perto).


O esquema ta miudinho, e eu confesso que talvez nao tenha entendido bem o esquema. Se voce clicar nele, ele amplia BEM mais. Vai seguindo comigo ai.

Esse monitor tem 4 lampadas. Duas em cima e duas embaixo (!!! Informação do Alexandre Morgado que entende mais do assunto que eu :oD). A fonte de alta tensao na realidade sao 2 fontes separadas, controladas pelo U301. E é um loop fechado, realimentado por C403, C405, C410 e C413. Cada um desses capacitores pega uma "amostra" da tensao de saida das lampadas, e joga nos diodos D401, D402, D403 e D404, que sao ligados em paralelo, dali indo pro pino 2 do integrado de PWM com um resistor de 1M2 indo a terra pra dar uma queda na tensao.



Se um capacitor desses entra em curto ou fuga, ele vai deixar passar um baita pico de alta tensao pro integrado do PWM. Mas pra isso ta la o resistor de 1M2. Se a tensao/corrente sobe muito, ele desvia um bocado pra GND e o integrado de PWM percebe que "deu mal" e corta a fonte de alta tensao.

No caso desse monitor especifico, nao tive como testar os capacitores, porque nao é facil testar capacitores de 6KV. Mas percebi que os resistores R310 de 1M2 e R313 de 68K estavam em aberto. Pelo comportamento do circuito (ligou, piscou a lampada, bzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzz e apagou), certamente um dos capacitores de "amostragem" estavam com fuga/curto em alta tensao, mandando o resistor de 1M2 pro saco e - sabe-se la por que, o de 68K tambem.


O resultado? Funcionamento perfeito apos a substituição dos capacitores e dos resistores. De quebra, aproveitei pra trocar os eletroliticos da fonte, que aparentavam ja terem sido substituidos pelos capacitores errados, e mal-soldados. Assim o serviço ficou "padrao" e meu M1921A vai durar por muuuuito tempo :o)

Essa informação eu nao achei em lugar algum na net. Entao procurei detalhar bem pra que todos tenham acesso.

O manual de serviço chama-se LG+LCD++M1721A.pdf. Procurem no google por esse nome que certamente vao achar. Como é material copyright da LG, nao seria conveniente hospeda-lo aqui.

Boa sorte a todos!